Como escolher ventilador de teto? Veja o que considerar na hora de comprar o seu

Toda vez que você pensar em como escolher ventilador de teto, levante as características que considera fundamentais ter no aparelho. Afinal de contas, além de ser muito usual, ele compõe o ambiente e precisa ser instalado, o que dificulta trocas.

Por ser um equipamento de uso contínuo, deve-se planejar a compra para que a satisfação da compra seja a mesma no seu uso. Pensando nisso, a Leveros fez este conteúdo. Acompanhe e saiba como escolher o melhor ventilador de teto agora mesmo.

Quais são as características de um ventilador de teto?

Diferentemente da maioria dos ventiladores, o modelo de teto precisa ser instalado, ou seja, fixado em um ambiente. Seu objetivo é ventilar o local de maneira uniforme, distribuindo vento para todas as direções.

Existem modelos no mercado que vão desde o clássico, com pás de madeira, até designs mais contemporâneos, com formatos sinuosos e coloridos, por exemplo. Veja abaixo suas características:

Inclinação das pás e rotações por minuto

Ambos são fatores muito comuns para medir a atuação de um ventilador. Engana-se quem pensa que o número de pás é determinante no vento que o aparelho produz, quando, na verdade o formato das pás e sua vazão de ar que é o que dita sua potência.

Um índice que mostra a força do ventilador de teto é o número de rotações por minuto (RPM). O valor costuma variar entre 250 a 700 RPM. Quanto maior, mais forte será o vento produzido.

Ruído

Os melhores ventiladores de teto nem sempre são os mais silenciosos. Esse fator é influenciado pela potência e pelo material com os quais o equipamento é produzido. Atualmente existem modelos cada vez mais silenciosos, mas caso esse item seja primordial para a sua compra, o ideal é ir a uma loja e ouvir o modelo pessoalmente.

Material de fabricação

Para saber como escolher um bom ventilador de teto de acordo com o seu material, deve ser avaliado o local em que ele será instalado e a durabilidade do material nas condições aplicadas. 

Os materiais mais comuns são plástico, metal e madeira, e cada um tem suas características próprias, como resistência à umidade, velocidade, peso e afins. 

Eficiência energética

O gasto de energia de um aparelho elétrico é mostrado pela etiqueta ENCE (Etiqueta Nacional de Conservação de Energia). O índice vai de A (mais eficiente) até E (menos eficiente), indicando, portanto, a capacidade de transformar energia em vazão de ar, no caso de um ventilador.

Tamanho do ambiente

Quem tem um ambiente grande deve ficar atento à vazão de ar que o aparelho escolhido oferece, ou então, pensar em adquirir um número maior de ventiladores. Em espaços pequenos, ter um ventilador muito potente pode ser útil apenas para dias muito quentes, fator que também deve ser pensado.

Iluminação

Outro ponto fundamental na atuação de um ventilador de teto é o que ele oferece em termos de iluminação. Existem modelos que comportam uma ou mais lâmpadas, que são específicas, ou seja, têm um formato já definido. Deve-se, portanto, avaliar se as lâmpadas que podem ser instaladas no equipamento são adequadas para suas necessidades.

Controle remoto

Outro item presente em muitos modelos é o controle remoto, para alterar a velocidade e também ligar e desligar o aparelho. Se você é uma pessoa que preza pelo conforto ou tem problemas de mobilidade, a opção é ótima, pois permite comandar seu ventilador de teto sem precisar sair do lugar.

Modo exaustor

Se você deseja ter um ventilador de teto que varie entre espalhar vento de forma direta ou apenas no ambiente, o modo exaustor deve ser levado em conta. Com ele, o equipamento joga o vento para cima, atuando na climatização do ambiente de maneira mais leve, retirando o calor do local aos poucos.

Regulagem de velocidade

O controle da velocidade é feito de maneiras diferentes dependendo do modelo. O mais comum é ter três velocidades, e o modo normal e o exaustor em cada uma delas. Mas há também um regulador no mercado que permite que o nível seja aumentado aos poucos, do menor para o maior.

Estética

Escolher um modelo que combina esteticamente com o ambiente é importante, já que é um elemento que será visível no teto do local. E a gente sabe bem que a beleza de um produto chamativo como esse é crucial na satisfação do cliente.

Instalação

Assim como em um ventilador de parede, a instalação também é um ponto importante a ser pensado, já que o aparelho precisa ser fixado. Por isso, procure profissionais capacitados para exercer o serviço. Se tiver qualquer dúvida, a Leveros pode te ajudar. Entre em contato!

Custo

O preço de um ventilador de teto costuma variar bastante, dependendo do modelo e das especificações. A escolha deve ser feita baseada no seu bolso e também nos benefícios que cada aparelho traz, levando em consideração os itens acima. Comprar o mais barato pode acabar saindo caro.

Escolha o seu ventilador de teto na Leveros

Agora que você já sabe como escolher ventilador de teto, confira as marcas e modelos disponíveis na Leveros. Temos ótimas condições e ofertas para você comprar o seu hoje mesmo.