Você sabe qual é a temperatura ideal do ar-condicionado?

Saber qual é a temperatura ideal do ar-condicionado é um fator que proporciona economia de energia, melhora no desempenho do seu aparelho e conforto para você e sua família ou funcionários. 

Para descobrir a temperatura do ar-condicionado que é considerada a ideal, seus benefícios para a saúde e para o seu bolso e também como determiná-la, acompanhe nosso conteúdo.

Qual é a importância de se ter uma temperatura ideal do ar-condicionado?

A temperatura ideal de um ambiente deve levar em conta alguns fatores e riscos que a queda de temperatura tem no corpo humano e também as relações sociais entre os presentes no local.

Um ambiente climatizado adequadamente deve estabelecer uma temperatura para que não haja desavenças entre as pessoas que frequentam o mesmo espaço. Quem nunca presenciou discussões sobre a temperatura do aparelho no trabalho ou até mesmo em alguma residência?

Ao ter definida uma temperatura ideal para o ar-condicionado, essa discussão é minimizada, já que um padrão é criado, o que indica uma constância sobre como estará o ambiente em relação ao seu clima.

Além da questão do compartilhamento de espaço, também há pontos de saúde pessoal envolvidos. Um ambiente com uma temperatura muito abaixo do lado exterior pode causar choques térmicos, por exemplo.

Por fim, mudar bruscamente de temperatura ao longo do tempo pode causar outras doenças, principalmente respiratórias, como resfriados, alergias, sinusite e afins. E essas situações são piores no verão ou locais de calor intenso, em que os lugares fechados podem ter uma discrepância de clima muito grande entre o ambiente interno e externo.

Como encontrar a temperatura ideal do ar-condicionado?

O clima ideal para ambientes fechados tem determinações distintas: a da OMS (Organização Mundial da Saúde) e gira entre 20º e 23º. Enquanto isso, a temperatura ideal do ar-condicionado para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) gira entre 20º a 23º no inverno e 23º a 26º no verão. 

Essas temperaturas são determinadas seguindo fatores de equilíbrio térmico entre o clima externo e interno, além de considerar fatores de desempenho, conforto e concentração para trabalhadores ou até mesmo em residências.

E as temperaturas mais baixas?

Para quem gosta da temperatura o mais fria possível, é importante ressaltar que, tanto temperaturas mais altas, como também as mais baixas que os valores apontados, podem trazer uma queda de desempenho nos colaboradores de uma empresa.

A própria NR17, da CLT, que fala sobre a ergonomia do trabalho, também determina a temperatura entre 20º a 23º em ambientes com atividades que exigem “atividade intelectual e atenção constantes”.

Portanto, é válido buscar um consenso entre os colaboradores ou até mesmo na sua família na hora de delimitar uma temperatura padrão para o seu aparelho. Dessa forma, ninguém é prejudicado e suas atividades ou descanso são ainda mais proveitosos.

Temperaturas ideais para ambientes diferentes

Em alguns ambientes específicos de uma casa, existem temperaturas ideais distintas. Veja alguns casos:

Quarto

Assim como em escritórios, a temperatura média para quartos varia entre 20º e 23º. Com temperaturas mais quentes, muitos têm dificuldades na hora de dormir. Para ajudar com isso, muitos modelos de ar-condicionado contam com a função dormir, ou sleep, que ajusta a temperatura durante a noite.

Quarto do bebê

Quem tem bebês em casa precisa ter o cuidado redobrado com a temperatura dos ambientes, principalmente no quarto, que é o ambiente em que eles dormem e passam a maior parte do tempo. Por isso, a temperatura não deve ser menor que 26º.

Vale ressaltar que os filtros do ar devem ser mantidos limpos, evitando a proliferação de vírus e bactérias que possam provocar doenças respiratórias nos pequenos.

Sala de estar

Já na sala de estar, a temperatura pode variar entre 20º e 26º, o que refresca e não prejudica a saúde de ninguém presente no ambiente. Nesse caso, vale o bom senso e a negociação entre as pessoas, para que ninguém seja afetado negativamente.

Como isso impacta na economia de energia?

Outro ponto importante sobre o assunto é saber qual a temperatura ideal do ar-condicionado para economizar energia. Os ambientes com clima equilibrado fazem com que o aparelho não precise de um grande esforço para trabalhar, o que não compromete o desempenho ao longo prazo.

Quando o aparelho tem grandes variações de temperaturas em um dia, como o mito de colocar a temperatura mais baixa ao ligar, por exemplo, faz com que o seu compressor sofra um desgaste desnecessário. Ou seja, ter um padrão e mantê-lo acaba por economizar energia.

Outro ponto importante é que, no caso de aparelhos inverter, não é uma boa para o bolso desligar o ar e ligar novamente depois de um curto período de tempo. Os modelos que contam com essa tecnologia não têm compressor liga/desliga, o que significa que eles trabalham consumindo o mínimo de energia apenas para manter a temperatura indicada.

A temperatura ideal para a sua casa ou escritório está na Leveros

Seja em ambientes comerciais ou residenciais, a Leveros tem o ar-condicionado ideal para você! Confira em nosso site os produtos e serviços que temos à sua disposição, com condições de pagamento e preços imperdíveis.